Mulheres na TI: mercado está em alta e promove cada vez mais equidade

O mercado de trabalho de tecnologia está em alta, e isso não é mais novidade para ninguém. O que muitos não sabem é que há outra boa notícia sobre o setor: as mulheres de TI vêm ganhando cada vez mais espaço e valorização. O caminho, porém, ainda é lento,

Um dos motivos para o setor estar mais propenso a receber mulheres é a evolução dos discursos feministas e a disponibilidade de cursos na área, que deixou de ser um setor de nicho e passou a oferecer especializações práticas para todo mundo. 

Em 2020, um aumento de 34% do número de inscritas em cursos de TI surpreendeu o mercado, que agora olha com bons olhos para as mulheres e abre portas para um setor cada vez mais equiparado. 

Se você é mulher e deseja ingressar nessa área, saiba que não poderia haver melhor momento que esse! E nós explicamos o porquê a seguir. 

 

Qual o panorama do mercado de TI para as mulheres?

O mercado de TI está em constante crescimento, e com a alta de demanda por parte das empresas para profissionalizar suas equipes, aumentaram também as vagas disponibilizadas. Com bons salários e a oportunidade de trabalhar de maneira flexível, jovens e adultos têm buscado migrar para carreiras em tecnologia.

E o mesmo não poderia ser diferente para as mulheres! Segundo um levantamento feito pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), a participação feminina em TI cresceu 60% nos últimos cinco anos. Ainda assim, elas representam cerca de 20% dos profissionais de TI no Brasil.

Apesar de parecer um número baixo, o crescimento exponencial aponta que a equidade de gênero tem sido cada vez mais debatida por empresas do setor, e por isso a perspectiva de futuro é a melhor possível. Com mulheres cada vez mais determinadas a conquistarem seus espaços, profissões ligadas à TI deixaram de ser almejadas apenas pelos homens.

Em 2020, com o advento da pandemia causado pelo covid-19, as pessoas deixaram os escritórios e passaram a trabalhar em home office. Com isso, muitas pessoas resolveram mudar de área e finalmente ingressar em carreiras que tanto sonham. E a possibilidade de trabalhar alocado e de maneira flexível é um dos pontos que fazem as mulheres adquirir maior coragem para adentrar ao setor.

Portanto, o cenário não poderia ser mais animador, ainda que em fase de transação. Com cada vez mais vagas disponíveis, mais mulheres têm conquistado posições de sucesso no mundo da TI, em papéis de liderança e até mesmo de gerência, em empresas startups e fintechs espalhadas pelo país. 

 

Quais os principais desafios da TI para as mulheres?

A questão cultural ainda é um problema que ronda grande parte das mulheres que decidem ingressar no setor da TI. Afinal, há uma cultura enraizada e ultrapassada de que homens aprendem desde crianças a lidar com números e dados, enquanto mulheres são mais propensas para humanas. 

Com o debate sobre equidade de gênero e empoderamento nos acompanhando diariamente, é natural que haja um novo comportamento surgindo desde cedo. Com maior incentivo, o setor feminino tem se sentido mais encorajado para seguir seus sonhos – seja no campo de exatas, seja em outro.

Mas não é só na parte de estudo que os desafios são grandes. O mercado ainda é majoritariamente masculino e tende a ver as mulheres de TI como inferiores: elas recebem cerca de 8% a menos que os homens.

Para mudar essa realidade, mais cursos têm sido desenvolvidos para profissionais iniciantes que desejam migrar de área, ou mesmo para quem nunca se viu analisando dados ou programando antes.

Muitas mulheres têm aproveitado para se inscrever em cursos práticos para adentrar ao universo da TI, com resultados satisfatórios e muito animadores.


Se você deseja se tornar uma profissional de TI de sucesso, mas ainda precisa de um incentivo a mais, nós podemos te ajudar! Conheça os cursos da Skill Lab Brasil e comece hoje mesmo a revolucionar o mercado. 

NOSSOS CURSOS ESTÃO COM UM DESCONTÃO
Entre em contato com a nossa equipe agora mesmo